Florianópolis

2019/ 2020

No dia 13 de novembro de 2019, foi assinado acordo entre o CBCS e a Prefeitura de Florianópolis para lançamento do programa “Floripa Cidade Eficiente”.

O acordo assinado pelo presidente do CBCS, Olavo Kucker Arantes junto com João Batista Nunes, prefeito em exercício de Florianópolis, trata-se da continuidade do projeto CIDADES EFICIENTES do CBCS, que iniciou em 2018, o qual tem o financiamento do Instituto Clima e Sociedade – iCS.

Em 2019/2020, o projeto tem como foco a “Estruturação de elementos de governança e políticas públicas capazes de instituir rotinas sustentáveis para a mitigação das mudanças climáticas e resiliência das cidades”. Para tanto, vai ser desenvolvido junto a uma das cidades piloto: Florianópolis, de forma a promover ações que possam ser replicadas para outras cidades. O prazo para o projeto nesta etapa é até final de agosto de 2020.

Estão sendo estruturadas ações em três temas principais:

  • organização da gestão de consumo dos edifícios públicos municipais;
  • capacitação dos servidores nas áreas do projeto;
  • estruturação de princípios norteadores para políticas públicas na área de eficiência energética.

O objetivo principal do projeto é estruturar elementos de governança nas cidades, capazes de viabilizar e dar caráter permanente às medidas para eficiência energética de edificações e sistemas, ampliação e diversidade na oferta de energia, redução nas emissões gases de efeito estufa e resiliência frente às mudanças climáticas.

Os objetivos específicos são:

  • apoio ao desenvolvimento de ferramenta de gestão de consumo e custo das edificações municipais;
  • promover articulação entre as secretarias municipais para boas práticas de sustentabilidade aplicadas nos edifícios públicos;
  • identificar estratégias de comunicação que deem visibilidade ao cidadão para as medidas de eficiência tomadas pela administração pública e que também sejam capazes de engajar a sociedade civil no  enfrentamento das mudanças climáticas;
  • capacitar servidores públicos para promoção da eficiência energética dentro das prefeituras e cidades;
  • desenvolver ferramentas e metodologias que possam ser replicadas a outros municípios, por meio de plataforma online;
  • estruturar princípios norteadores para políticas públicas, instruções normativas, programas e regulamentações, que sejam aplicáveis tanto na escala das edificações públicas municipais quanto na escala das cidades.

créditos: Prefeitura Municipal de Florianópolis

Organização da gestão de consumo dos edifícios públicos municipais

Webinar Ações de eficiência energética de caráter permanente nas edificações

Com o engajamento de governos municipais e especialistas, o Projeto Cidades Eficientes visa colocar em prática ferramentas para a gestão do consumo de energia nos edifícios, capacitar servidores públicos e trabalhar com políticas públicas a fim de estruturar um programa de eficiência energética de caráter permanente nas cidades.

No dia 11/08/2020, a equipe do projeto apresentou as atividades que está realizando para implementar essas ações nas edificações públicas de Florianópolis, através de parceria com a prefeitura do município no Programa Floripa Cidade Eficiente.

O Projeto Cidades Eficientes é realizado pelo Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS), com financiamento do Instituto Clima e Sociedade (iCS) e parceria da Prefeitura Municipal de Florianópolis (SC). Em 2018, contou também com a participação das prefeituras de Sorocaba (SP) e Jaboatão dos Guararapes (PE) e pretende expandir suas atividades em outros municípios do país.

ABERTURA:
Olavo Kucker Arantes (presidente CBCS)
Roberto Lamberts (coordenador CT Energia CBCS)
Kamyla Borges (Instituto Clima e Sociedade)

PARTICIPAÇÃO:
Equipe Cidades Eficientes CBCS:
María Andrea Triana (coordenadora técnica)
Carolina Griggs (executiva técnica)
Matheus Geraldi (pesquisador)

Equipe Prefeitura de Florianópolis:
Piterson Santana (coordenação institucional)
Cibele Assmann Lorenzi (coordenação técnica)

MEDIAÇÃO:
Clarice Degani (coordenadora executiva CBCS)

PROGRAMAÇÃO:
10h Início

  • Apresentação CBCS
  • Projeto Cidades Eficientes e Programa Floripa Cidade Eficiente
  • Gestão de consumo e apresentação da ferramenta
  • Ações de capacitação: Gincana energética – Metodologia e resultados
  • Políticas públicas para eficiência energética
11:30h Perguntas
12h Encerramento

O material apresentado pode ser acessado aqui

A gravação do webinar está disponível no canal do Youtube do CBCS: https://www.youtube.com/watch?v=rqZPjLFhGSU

Também estão disponíveis os vídeos sobre a ferramenta de gestão de consumo desenvolvida pela equipe e sobre a Gincana Energética.

Diagnósticos Energéticos em Edificações Escolares

Como identificar o papel de cada sistema e aparelho elétrico no consumo de energia de uma edificação? Um diagnóstico energético é um conjunto de procedimentos padronizados para verificar a relação do consumo de energia com as condições existentes de uma edificação, como características construtivas e operação. As normas ISO 50002-2014 e ASHRAE 211-2018 estabelecem o conjunto de processos para realização de diagnósticos energéticos em edificações.

Em setembro, o Projeto Cidades Eficientes em parceria com o LabEEE da UFSC vem realizando diagnósticos energéticos em edificações escolares de Florianópolis, como creches e escolas básicas, para identificar o perfil de consumo energético e as condições de operação dessas unidades. O objetivo final é encontrar oportunidades de melhorias como troca de aparelhos e capacitações sobre uso eficiente. As edificações escolares municipais representam uma parcela significativa do consumo de energia da Prefeitura de Florianópolis, cerca de 40% do consumo total de suas edificações. Portanto, é importante entendermos o desempenho energético desta tipologia.

Cada diagnóstico é feito de forma segura, seguindo medidas de proteção à saúde devido à pandemia de COVID-19.

No âmbito do Projeto Cidades Eficientes e em parceria com o Laboratório de Eficiência Energética de Edificações – LabEEE da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC foram realizados diagnósticos energéticos em escolas do município de Florianópolis com o objetivo de se aprofundar mais no desempenho atual e possíveis melhores das edificações do setor de educação do muunicípio. O Conselho Brasileiro de Construção Sustentável – CBCS em parceria com a Prefeitura de Florianópolis convida a participar da apresentação dos resultados do estudo.

Apresentação da equipe de diagnóstico energético:
Eng. Matheus Soares Geraldi (CBCS)
Eng. Veronica Martins Gnecco (UFSC)
Eng. Antonio Barzan Neto (UFSC)
Eng. Bárbara Augusta de Mafra Martins (UFSC)
Data: 10 de dezembro de 2021
Horário: 14h às 15h
Reunião online

Capacitação dos servidores nas áreas do projeto

Gincana Energética

Em março, a equipe realizou atividades para celebrar o Dia Mundial da Eficiência Energética:

05/03 – apresentação do projeto Cidades Eficientes do CBCS + apresentação do Programa Floripa Cidade Eficiente no Gabinete do Prefeito

05 e 06/03 – Gincana Energética no edifício da SMDU/IPUF/FLORAM

12 e 13/03 – Gincana Energética no edifício Aldo Beck

A Gincana Energética é uma atividade colaborativa baseada na EnergyTreasureHunt, desenvolvida pelo Departamento de Energia e a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. Nela, os servidores ocupantes dos edifícios juntamente a especialistas e equipe do CBCS, identificaram os problemas e procuraram estratégias para melhoria da eficiênia energética nesses prédios, prezando pelo baixo custo e alto retorno.

créditos: Prefeitura Municipal de Florianópolis e equipe Cidades Eficientes

Em junho de 2020, o resultado foi apresentado aos participantes das Gincanas, em evento online. Também nesse mês, foi encaminhado ofício com os resultados à Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria da Casa Civil.

A Prefeitura de Florianópolis divulgou um video sobre a atividade. Assista aqui (créditos: Prefeitura Municipal de Florianópolis)

Capacitação em Auditoria Energética

Nos dias 12 e 13/05 de 2020, o CBCS realizou uma capacitação em auditoria energética, na qual foi apresentada a metodologia e conceitos desenvolvidos nos projetos “Cidades Eficientes” e “Desempenho Energético Operacional em Edificações (DEO)” para analisar o consumo energético de edificações em uso.

O evento foi apresentado pela equipe DEO e aberto ao público geral. Contou com presença de especialistas no setor de energia, entre eles: representantes da Eletrobras, LabEEE UFSC e empresas ligadas à eficiência energética e sustentabilidade.

Apresentações para Servidores Públicos de Florianópolis

Durante três semanas de agosto e setembro, a equipe do Projeto Cidades Eficientes do CBCS realizou uma série de webinars voltada para servidores públicos, dentro do Programa Floripa Cidade Eficiente.

A série foi apresentada por professores da UFSC e contou com a participação de técnicos, engenheiros e arquitetos de diferentes Secretarias do município com o objetivo de tratar temas voltados à eficiência energética.

17/08: Nova Metodologia da Norma de Desempenho NBR 15575 – Critérios de desempenho térmico e lumínico. Palestrantes: Eng. Roberto Lamberts (UFSC) e Eng. Fernando Ruttkay Pereira (UFSC).

24/08: Novo Método de Avaliação Energética de Edificações com Base em Energia Primária – edificações comerciais, de serviços e públicas. Palestrante: Arq. Renata Vecchi (UFSC)

02/09: Energia Fotovoltaica e as Políticas Públicas. Palestrante: Eng. Ricardo Ruther (UFSC)

Estruturação de princípios norteadores para políticas públicas na área de eficiência energética

Princípios para políticas públicas em eficiência energética

No âmbito do Projeto Cidades Eficientes, está sendo proposto um capítulo de eficiência energética para as edificações do município de Florianópolis a ser incorporado em políticas públicas tais como o código de obras, plano diretor, entre outras. Para tanto, a participação das entidades de associações de classe é muito importante para o compartilhamento e troca de ideias. O Conselho Brasileiro de Construção Sustentável – CBCS em parceria com a Prefeitura de Florianópolis convidam a participar desse processo.

No dia 17 de dezembro de 2020, ocorreu a primeira reunião aberta com entidades do setor da construção civil de Florianópolis e contou com a participação do Sinduscon, IAB, AsBEA, prefeituras catarinenses e universidades.

Em continuidade à reunião realizada no final de 2020 junto às entidades e associações ligadas ao setor da construção civil para apresentação da proposta de  “Requerimentos de Eficiência Energética como Política Pública para Edificações de Florianópolis”, estamos convidando para a 2a reunião e encaminhando acesso à versão para consulta do documento, desenvolvido pela equipe do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável – CBCS junto à Prefeitura de Florianópolis, no âmbito do Projeto Cidades Eficientes – Programa Floripa Cidade Eficiente, com financiamento do Instituto Clima e Sociedade – iCS.

A reunião será no dia 11 de maio das 16h às 18h em formato online e terá como pauta a troca de ideias sobre os possíveis ajustes necessários ao documento derivados das análises dos atores do setor.

Para tanto, solicitamos a sua contribuição sobre o documento proposto  por meio de comentários e/ou sugestões no intuito da consolidação do documento final, enviando um email, preferencialmente até o dia 07 de maio, para cidadeseficientes@cbcs.org.br.

Para acessar o documento da versão em consulta, é necessário fazer inscrição na reunião online.
INSCREVA-SE AQUI

2018

Para a cidade de Florianópolis teve uma visita inicial onde foram discutidas em conjunto as ações mais relevantes e que estariam sendo mais efetivas para o município, dentro dos temas propostos pelo projeto. Igualmente foi realizada uma visita à creche modelo Hassis.

Cada cidade teve uma equipe local liderada por um coordenador, a qual apoiou o trabalho realizado pela equipe do CBCS. 

Foram consideradas as seguintes atividades para Florianópolis:

  • Mapeamento preliminar de dados de consumo de energia e água dos prédios públicos e elaboração de índices de desempenho entre as edificações, como ponto de partida para permitir um maior controle futuro da prefeitura com relação aos seus prédios;

  • Fornecer apoio técnico para implementação de políticas públicas mais eficazes relacionadas ao tema do projeto, o que inclui apoio na possível implementação dos temas no código de obras, que se encontra em revisão;

  • Análise de novo projeto ou projeto existente que se considere relevante (a ser definido após mapeamento inicial), de forma a buscar fornecer diretrizes para novos projetos dessa tipologia no município;

  • Com relação à mobilidade será abordado o tema de forma a obter-se maiores dados em relação ao deslocamento dos funcionários da prefeitura ao seu local de trabalho, o que poderá permitir à prefeitura a tomada de ações futuras;

  • Capacitação e treinamento aos gestores das edificações como forma de expandir o conhecimento entre os funcionários da prefeitura;

  • Fornecimento de diretrizes de boas práticas de gestão de água e energia, e recomendações ao município.

O mapeamento de consumos de energia e água nos prédios públicos permitiu estabelecer um comparativo interno entre as tipologias de edifícios e identificação de quais apresentavam maiores consumos. Uma planilha foi estruturada como ferramenta, contendo dados dos prédios municipais com consumos em torno de 1 a 2 anos. Veja os resultados de análises dos prédios públicos clique aqui.

Na análise foram identificados alguns prédios para serem realizadas visitas para entender os desempenhos dos edifícios e verificar possibilidades de melhoria. Para Florianópolis foi selecionada para visita um prédio da tipologia escolar, um prédio administrativo e foi visitado o prédio cujo projeto estava sendo analisado em maior profundidade, a Policlinica CS Pantanal.

A Policlina foi considerada relevante para análise pela equipe do município por conta da sua possibilidade de replicação ou influência. O relatório da análise desse prédio pode ser acessado clique aqui.

Foi dada uma assessoria também na parte de legislação e implementação de políticas públicas.

Uma pesquisa de mobilidade com os funcionários da prefeitura foi implementada em todas as cidades, com o intuito de entender o comportamento dos usuários e possibilidades de incentivo por parte da prefeitura para questões de mobilidade relacionadas em especial com possibilidade de caronas e incentivo ao uso da bicicleta. O levantamento tomou como base pesquisa desenvolvida pelo WRI Brasil. Em Florianópolis foram 281 participantes da pesquisa. O resultado final da pesquisa de mobilidade pode ser acessado clique aqui.

Foi realizada também capacitação buscando a participação dos gestores públicos. A média de participação foi em torno de 25-30 pessoas por cidade. Na capacitação foram abordados diversos temas relacionados com a temática do projeto e incorporados no meio da capacitação os resultados obtidos com o trabalho com a cidades, de forma a passar um conhecimento mais aplicado. 

A seguir podem ser obtidos, as apresentações da capacitação dada em Florianópolis.

1.Motivações_Capacitação-FLP

2.Criação de Políticas Públicas_Capacitação-FLP

3.Melhorias de EE e Financ_Capacitação-FLP

4.Exemplo de aplicação de medidas_Capacitação-FLP

5.Mobilidade Florianópolis_Capacitação-FLP

6.Geração Distribuída_Capacitação-FLP

7.Conclusões e Discussão_Capacitação-FLP

Finalmente foi entregue um Checklist – Guia de Ações, com as principais ações levantadas consideradas importantes, como síntese da assessoria e de forma a que seja complementar com as outras análises mais específicas que foram entregues.  Vejam o checklist a seguir.

Checklist – Guia de Ações para Florianópolis (resumido)

Checklist – Guia de Ações_Florianópolis (estendido)

Equipe Florianópolis:

Coordenação: Arq. Cibele Assmann Lorenzi